Qualidade em saúde deve ser uma responsabilidade do profissional. Em laboratórios clínicos não é diferente

.

Uma reportagem da Folha de São Paulo mostra um cenário preocupante quando destaca que “Só metade dos laboratórios tem controle de qualidade”

A Questão do controle está em destaque e a preocupação com a confiança nos resultados gerados no laboratório está sendo mais avaliada e fiscalizada.

Felizmente esse quadro pode ser mudado, se houver empenho por parte dos profissionais em assumir fazer o controle da qualidade do seu trabalho e entregar melhor os seus resultados. Desenvolver um programa de Garantia e Controle da Qualidade no Laboratório é fazer valer o seu profissionalismo a favor do cliente.

Construa junto a seus colaboradores uma sistemática de trabalho adequada e um conjunto de atitudes que inteligentemente definem o padrão de qualidade esperado.

 

Faça o controle e tenha mais confiança nos resultados.

Veja a reportagem completa da folha clicando aqui